Manual dos cabides: Como usar cada tipo

22/06/2016

Cabides

Muitos não sabem, mas sim, existem cabides diferentes para diferentes tipos de peça e é muito importante saber disso na hora de organizar o seu armário ou closet, porque pode ajudar na hora de manter uma organização uniforme visualmente e também impedir que os cabides se danifiquem por serem utilizados de maneira errada.

Arame: Este cabine é muito fino e frágil, fica facilmente danifica e a maioria das peças não consegue ficar fixada corretamente nele. Evite colocar peças jeans ou de outros tecidos pesados, opte por colocar nestes cabides vestidos e blusas mais leves.

Madeira: Ele é mais resistente e por isso é o cabide ideal para roupas mais pesadas, pois não fica deformado, nem danifica a roupa.

Plástico: Ele é uma ótima opção, mantêm bem a maioria das peças (com exceção das muito pesadas) sem deforma-las.

Pregadores: Este cabide é perfeito para shorts e saias, também calças, permitindo que as peças fiquem retas, sem marcas de dobras, etc.

Tecido: Roupas de tecidos muito leves ou que desfiam com facilidade devem ficar neste tipo de cabide, que por ser revestido diminui o risco das peças se prenderem a ele.

 

 

Como usar o tricô oversized?

20/06/2016

Tricot oversized 3 Tricot oversized 2

  1. Essa peça é feita com uma proporção maior, por isso o segredo para não errar na hora de usar é apostar no equilíbrio das proporções. Se a roupa oversized for da parte superior, como uma blusa, um sweater, um tricot ou um casaco então o resto deverá ser ajustado ao corpo. Outra sugestão é usar com saias curtas, mini-saias ou shorts. É uma forma de compensar o excesso de volume que se tem na parte superior, no entanto se certifique que esta não cobre totalmente a saia ou o short, assim evita ter aquela aparência de que não tem nada vestido por baixo.
  2. Fique de olho na altura dos casacos oversized. Mulheres baixinhas principalmente, para que o look não acabe por engolir a pessoa. Compense com salto alto, isso irá ajudar a alongar a silhueta.
  3. Na hora de escolher o sapato lembre-se de ser mais minimalista. Ai vale a regra número 1, pensar sempre nas proporções e no look como um todo. O tricô oversized é a peça dominante no visual.
  4. Bateu a dúvida de como usar? Aposte nas cores neutras. Essa regra é básica e pode ajudar a começar a combinar as peças.
  5. Não peque pelo excesso. Os acessórios também devem ser mais discretos e minimalistas.

 

Como higienizar pincéis de maquiagem

15/06/2016

Lavar pincél

1 Passo: É importante lavar os pincéis em água corrente e com sabão bactericida, pois pincéis que são utilizados no rosto e nos olhos precisam estar livre de bactérias, nem todos os tipos de sabão tem essa ação.

2 Passo: Muita gente se esquece, mas além das cerdas é importante limpar os cabos e não pare de limpar até que a espuma fique branquinha.

3 Passo: Atenção com os pincéis de boca, como eles são menores você pode lava-los com o auxílio de uma escova de dentes, mas uma exclusiva para isso é claro.

4 Passo: Para finalizar a limpeza tire o excesso de água com papel toalha e borrife álcool nas cerdas.

5 passo: Coloque-os para secar em local arejado em cima de toalha ou de um papel.

 

 

Truques ajudam a afinar e alongar a silhueta

13/06/2016

Alonga silhueta 2

A roupa certa pode fazer você perder centímetros na silhueta e ganhar na altura. Alguns truques podem afinar e alongar o corpo e garantir o equilíbrio no look. Na hora de escolher as peças pense em como elas estão valorizando o seu corpo e escondendo defeitinhos.

  • Cintura no lugar: Estabeleça uma linha de cintura na roupa que vai ajudar a entender que a perna é mais longa que o trono. E esse raciocínio vale para vestidos, calças e saias. Uma cintura mais alta e bem-colocada te deixa mais longilínea mesmo com sapatos baixos, criando a impressão de afinar e alongar.
  • Tecido sem estrutura volumosa: Esqueça os tecidos armados. Se o que você quer é ter uma forma mais esguia, o ideal é partir para o contrário. A melhor opção são os mais pesados, que ajudam porque não criam uma imagem aumentada do seu corpo.
  • Tamanho adequado: Cortes que ficam mais rentes ao corpo podem ajudar a secar a silhueta, dando o efeito de mais magra e alongada. O tamanho da roupa também é importante. Compre sempre o seu número certo.  Quando você tenta usar algo muito maior para parecer mais magra, o que acontece é que cria volume extra e engorda. Do mesmo modo, roupas apertadas acentuam demais as gordurinhas e até criam dobras que você não tem, então busque peças bem ajustadas.Alonga silhueta 3
  • Use as cores a seu favor: Looks monocromáticos ou com pouco contraste deixam corpo longilíneo. As cores influenciam muito no conjunto geral de um look, e elas podem ser usadas tanto para emagrecer quanto para alongar. Cores mais escuras em tons fechados ajudam a afinar. Mas se você quiser usar branco ou cores claras e vivas, uma dica é apostar em looks monocromáticos. O contraste entre a parte de cima e a de baixo também ajuda a dar o efeito de mais alta e esguia. Não precisa apostar em tons exatamente iguais, é possível variar se eles forem do mesmo grau de intensidade, como vermelho forte com azul forte.
    Alonga silhueta
  • Foque no centro: Tudo que traz interesse para o meio do corpo, como um colete com cor contrastante à da blusa usada por baixo, botões maiores no blazer ou colares longos, ajuda a criar uma linha vertical e afasta o olhar das bordas da silhueta.

Cuidando da sua geladeira: Conservação e organização de alimentos

08/06/2016

Organização geladeira

 

É muito comum ver casa onde a geladeira é um verdadeiro caos, potes e mais potes entulhados, sacolas plásticas, pratos, copos e diversos itens que sequer deveriam estar dentro da geladeira. Essa falta de organização dentro da geladeira não traz nenhum tipo de benefício, pelo contrário, ela prejudica e muito a conservação dos alimentos e contribui para o desperdício.

1ª Passo: Lave todos os itens e embalagens antes de leva-los a geladeira e faça limpeza regular da geladeira com álcool.

2ª Passo: Organização é fundamental para conservação dos alimentos. Não pode haver contaminação de um alimento para o outro, a dica é colocar nas prateleiras superiores o que esta pronto para consumo, nas do meio os pré-prontos e nas debaixo os que estão crus.

3ª Passo: Nunca deixei carne ou laticínios e/ou produtos mais perecíveis expostos dentro da geladeira, o ar contem bactérias que podem contaminar o alimento e, além disso, o próprio alimento pode contaminar outros itens dentro da geladeira.

Calça jeans – Como cada modelo da peça coringa valoriza o corpo

06/06/2016

O tecido jeans é muito versátil e toda pessoa tem pelo menos uma peça deste tecido dentro do seu guarda-roupa. Mas você sabe como cada modelo de calça jeans se adequa ao corpo? A proposta é ensinar como cada calça influi no formato do corpo, para que apostem no melhor modelo para o seu biótipo.

Jeans 1

Skinny: Este modelo é o que mais realça as curvas, é perfeita para quem quer acentuar seu quadril e pernas. Para as mulheres mais baixas a atenção deve estar na bainha da calça correta e investir em uma cintura mais alta para dar a ilusão de uma silhueta longilínea.

Jeans 3

Flare: Para quem tem o quadril mais avantajado e quer dar mais proporção a isso essa é calça indicada, pois por ter barra aberta equilibra as proporções do corpo.  E fora isso é uma calça que alonga a silhueta, ótima para mulheres com menos altura.

Jeans 4

Boyfriend: A calça boyfriend segue a linha oversized e aumenta as proporções, tanto de qualdril , quanto de perna.  Se você não quer aumentar as suas proporções nesta região melhor não investir neste modelo de calça.

Jeans 2

Reta: A calça reta afina a silhueta de um modo geral , as que tem mais volume na região das pernas podem investir nesta calça, é uma ótima opção para quem tem quadril largo também, pois ela traz uma equilíbrio maior nesta região em relação ao resto do corpo. Uma ótima dica para as baixinhas é deixar o tornozelo à mostra dobrando a barra da calça , pois assim você aumenta ainda mais a silhueta.

 

Seu armário pode ajudá-la a economizar

01/06/2016

Organização de armário 2

A organização das roupas e acessório ajuda a termos uma visão a maior de tudo que temos e consequentemente do que precisamos e também do que não precisamos.

Pode não parecer, mas a organização te ajuda a conhecer melhor tudo que você tem e não comprar peças repetidas ou parecidas e consequentemente gastar menos. Claro, não é assim tão fácil, mas é questão de prática.

– Comece organizando suas peças por categoria, tipos de peças e cores, assim ao abrir o armário será mais fácil visualizar todas as peças e perderá menos tempo se arrumando com certeza.

– Armário categorizado, agora você tem noção da quantidade de peças que tem. Veja o que tem em excesso e faça uma doação, ou descarte as peças que não servem mais para uso, anote também o que você não tem ou tem pouco.

– Por último quando for às compras pense na sua listinha e pense em cada item que você “ precisa” , se ele realmente é necessário, se é uma peça que pode ser combinada com várias outras e de fato ser útil, se você realmente tem o valor necessário para adquiri-la à vista e/ou o valor das parcelas, caso a compra seja a prestação.

 

 

Apaixone-se pelo Lush Meadow

30/05/2016

lush-meadow-montagem

Uma das cores que a Pantone escolheu para essa temporada é o Lush Meadow. Um verde 30super vibrante que remete ao frescor da natureza e suas folhagens. Essa nuance traz brilho e elegância, que se apresentam em um tom mais forte do que um verde natural.

A cor é bem coringa e pode combinar com diversas outras no dia a dia, como por exemplo: cinza, preto, mostarda, branco e o azul. Mas atenção, esta regra valem para maquiagem, blusas e acessórios que ficam perto do rosto, como lenços e cachecóis. Se você amou uma cor, mas ela te ‘apaga’, deixe-a para bolsas, sapatos ou calças e saias, aí não tem problema.

Na hora de comprar peças tendências reflita sobre: ao compra uma peça nova é preciso pensar em pelo menos três peças que a gente já temos! Quando compramos uma peça colorida ou estampada, o desafio aumenta e a gente precisa entender um pouco mais sobre coordenação e harmonização de cores, para não usar aquela blusa linda que tem uma cor vibrante só com preto ou jeans. Uma boa dica para fugir do óbvio é apostar nas harmonias cromáticas ou investir em um look monocromático, incluindo acessórios da cor.

A peça queridinha das fashionistas: Max Colete

25/05/2016

Max coletes 2Os coletes são peças fundamentais nesse inverno. Usados como item para complementar o visual, aquecer ou mesmo para dar um up no look a peça tem sido requisitada entre as famosas com versões mais modernas e sofisticadas. Sempre antenada Kim Kardashian aderiu ao max colete. Seguindo os passos da irmã mais velha a modelo Kelly Jenner também usou uma versão mais longa, só que para aquecer ela apostou no modelo com pele fake.

O colete é uma peça a mais no look e devemos cuidar para que ele não acrescente mais volume a produção. Se a peça for mais texturizada deve ser combinada com um look mais ‘sequinho’, como legging, vestidos mais justos e saia lápis. O tamanho também deve ser levado em consideração. Os max coletes ficam ótimos quando usados com peças também longas, fluidas e calças. Mas podem cair no cafona se usados com saias curtas.

Aposte nos max coletes, com cores mais neutras e claras, como o branco. Os modelos com pelos também estão em alta para o inverno. Agora se você quer um modelo que vai durar até o verão compre um tamanho médio, com pegada de alfaiataria. Esse modelo é um clássico e não tem erro.

Você sabe o que é armário capsula?

23/05/2016

Armario capsula

Conhecido como o mais novo conceito da moda, o armário capsula na verdade surgiu na década de 1970 com a estilista Susie Faux, pensando em um armário com poucos itens, alguns essenciais que nunca saem de moda e outros atuais. Basicamente, ter poucas roupas, mas que sejam muito legais e que deem liga entre si. Quem trouxe a febre para a net foi a blogueira americana Caroline, do Un-fancy.com, que escolheu 37 peças do armário para viver por alguns meses e ganhou muitas fãs.

Mas será que é possível mesmo viver com um guarda-roupa tão compacto? Acredito que essa quantidade pode variar de pessoa para pessoa. O ideal é manter entre 30 e 40, no máximo. E mais: nem tudo deve ser uma nova aquisição. Alguns itens atravessam temporadas. A ideia é que você consiga aproveitar mais essas peças com variações maiores de looks, sem se sentir perdida dentro de um armário enorme com roupas que não usa mais.

Mas uma mudança desse tipo exige muita reflexão e paciência. Dificilmente, ela será feita de um dia para o outro. O desapego material é gradativo. Mas um bom ponto de partida é questionar por que manter no guarda-roupa peças que já nem vestem tão bem ou já não correspondem mais ao seu estilo.